terça-feira, 11 de março de 2008

Frutoterapia...

É verdade sim, nos dias de hoje as propriedades terapêuticas da fruta são muito referenciadas, embora na maior parte das vezes nem se saiba que esta é considerada Ciência desde 1992… Motivou-nos este tema, e reunimos alguma informação que sintetizamos em tópicos e num vídeo resumo. Sugerimos que vejam!

  • Neste tipo de terapia pratica-se uma dieta alimentar que permite a prevenção e o tratamento de doenças através da ingestão de fruta. Este tipo de alimentação tem um efeito desintoxicante e purificante do organismo. Tal como o nome indica, a Frutoterapia é uma técnica terapêutica baseada, apenas, no consumo de fruta, seja na forma de sumo ou não.

  • O primeiro passo, como em qualquer outro tratamento, é saber se a pessoa a quem se pretende fazer o tratamento é alérgica a alguma fruta em especial. Com base neste resultado, definem-se os frutos e porções a utilizar e a partir daí inicia-se o tratamento com a Frutoterapia. Muitas vezes opta-se pela ingestão da fruta em sumo, pois a absorção é mais rápida.
video
  • Para o pequeno-almoço recomendam-se frutos ácidos: a laranja, a tangerina, a toranja, o abacaxi, o quivi, a uva e o maracujá. Estes fornecem a maior parte da dose diária de vitamina C. São uma excelente fonte de vitaminas, minerais, fibras e hidratos de carbono. Protegem o organismo de infecções e as membranas e a pele branca funcionam como antioxidantes.

  • Para a noite indicam-se os frutos doces: o mamão, a maçã, a pêra, a banana...por ajudarem o organismo a libertar as substâncias negativas ingeridas e produzidas durante o dia. Não ingira frutos cítricos à noite, pois podem prejudicar o fígado.

1 comentário:

Favas Contadas disse...

Sendo viciada em fruta, não poderia deixar de comentar este post. Estaria disposta, sem dúvida, a recorrer a esta terapia que me parece bastante interessante!

De facto, a fruta é um alimento essencial que devemos incluir se optarmos e seguirmos um modelo de vida saudável...

Aplica-se também aqui o conceito de variedade que tanto se ouve falar hoje em dia.
Ou seja, cada fruta é única, e como tal, cada uma nos fornece diferentes nutrientes, sendo que todos são essenciais para o nosso crescimento físico e intelectual!

Portanto, mais uma vez, o equilíbrio é essencial!

=)* Rita correia